theFutureMinders.com Tell a friend  - siteMap  - Register  - Sign in 
    Member ID : NON REGISTERED USER  Today's Date : Mon, Nov 24, 2014  
Sample reports
Business
Business Forecast Back
SAMPLE report appears below

By reading the sample that follows, you will understand just how helpful this report can be for making the right decisions. Success often means knowing what works (for you) and then simply following the steps. Your unedited and personalized report will show what you have (and what is required) to achieve what you want.

Add to Shopping Cart - You can always remove it later
please scroll down to view the report
PROGNÓSTICO PARA FUNDAÇÃO DE NEGÓCIOS DE

                      de Mello Pedro Collor

                        Dezembro 14, 1952
                             6:00 PM
                    Maceió, Brazil           

               Dezembro 1, 2002 - Dezembro 1, 2003

                      theFutureMinders.com
                        Veraxs Int'l Inc.
                     3355 Bee Cave Road #606
                      Austin, TX 78746 USA
                       Phone: 512-826-5401
   Seu prognóstico PARA FUNDAÇÂO DE NEGÓCIOS inicia na página
seguinte.

   No lado esquerdo de cada interpretação astrológica vem
indicado o período de tempo durante o qual está vigente o
aspecto correspondente. Por exemplo, se lhe indicamos "Abr 1,
1994 (Fev 15, 1994 - Mai 15, 1994)", quer dizer que o aspecto
por trânsito inicia em meados de fevereiro, alcança sua maior
intensidade ao redor de 1º de abril e termina em meados de maio.
Portanto, a primeira data (data pico) indica o momento em que a
força do aspecto é máxima. Em síntese, a influência astrológica
inicia em 15 de fevereiro de 1994, aumenta gradualmente sua
energia até 1º de abril de 1994, e em seguida diminui pouco a
pouco, até o dia 15 de maio de 1994.

   Pode-se dar-se o caso de que um aspecto astrológico se repita
mais de uma vez, ao longo do tempo que abrange este relatório,
com o que, nesses casos, se apresentará a mensagem: "Esta
influência astrológica (nome do aspecto) também ocorre na data
...... (data pico). Consulte esta data. Obrigado."

   Na margem superior direita de cada interpretação aparece
abreviado o nome do aspecto e dos dois fatores astrológicos que
estão formando parte desse último. Por exemplo, "Jup Quad MC"
significa que durante a citada data está se produzindo uma
"quadratura" de "Júpiter em trânsito" ao "Meio do Céu natal". Ou
seja, o primeiro fator que aparece no par sempre é o planeta que
está em trânsito (posição real do planeta no zodíaco na data
indicada), enquanto que o segundo componente do par é "natal"
ou, o que é o mesmo, considerando a posição que este possuía no
zodíaco quando você nasceu. Lembremos, ainda, que o Meio do Céu
(MC) é a cúspide ou início da Casa 10 ou, o que é o mesmo, o
limite entre a Casa 9 e a 10.

   Antes de iniciar a interpretação aparece em letras maiúsculas
o nome completo do aspecto e dos dois fatores que intervém nele.
Como afirmamos antes, o primeiro planeta está em "trânsito",
enquanto que o Meio do Céu é "natal".

   Em seguida, indica-se a INTENSIDADE do aspecto em uma escala
que vai de 1 a 10. Isso significa que um aspecto com uma força 1
é de caráter muito débil, com o que talvez a pessoa nem o capte,
se não estiver suficientemente atenta. Em troca, um aspecto de
força 10 é potentíssimo. Podemos considerar como aspectos de
intensidade MUITO ALTA os que têm pontuações 8, 9 ou 10; ALTA
com uma pontuação de 6 ou 7; MÉDIA se possuem 4 ou 5; BAIXA se
tem 2 ou 3; e MUITO BAIXA se dão uma pontuação de 0 ou 1.

   Esta investigação estuda os aspectos que se produzem entre os
planetas em trânsito, por um lado, e a cúspide ou início da Casa
10 do mapa natal, pelo outro. Tradicionalmente, além dos dez
planetas astrológicos (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte,
Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão), sempre se estudou
dois pontos do mapa natal que sempre se considerou como vitais
para a pessoa. O primeiro é o Ascendente ou início (cúspide) da
Casa 1, relacionado com a personalidade consciente e os padrões
fundamentais de conduta do indivíduo. O segundo fator é o Meio
do Céu ou cúspide da Casa 10, conectado diretamente com a
materialização de planos e de iniciativas, assim como com o
êxito profissional e a ascensão sócio-econômica.

   O presente relatório, precisamente, se baseia nas relações
astrológicas (aspectos) que se produzem entre os planetas em
trânsito, por um lado, e o Meio do Céu natal, pelo outro. Acaba
sendo muito significativo que o Meio do Céu seja a divisão ou
fronteira entre a Casa 9 (os ideais e os projetos abstratos) e a
Casa 10 (a materialização e concretização das iniciativas). Dito
de outra forma, o Meio do Céu é o trânsito ou o passo do dito ao
fato, do ideal à prática, e da mente à ação concreta. Porisso,
os aspectos astrológicos que afetam o Meio do Céu são
fundamentais na hora de determinar o momento adequado para
lançar-se a uma iniciativa comercial, de negócios ou de tipo
profissional.

   Preliminarmente, esta informação se baseia na data de
nascimento do dono, fundador, promotor ou sócio majoritário do
negócio em questão. No caso de haver mais de um sócio relevante,
é preciso realizar também o Prognóstico para Fundação de
Negócios desse segundo sócio.

   Em segundo lugar, para obter esse estudo astrológico o
interessado tem que proporcionar um lapso de tempo, no qual
pensa aproximadamente que o negócio possa ser aberto ao público.
O relatório irá então determinando as datas relevantes nas quais
é, e não é conveniente realizar a abertura. No caso de haver
mais de um dono, o ideal é buscar uma data em que ambos tenham
aspectos positivos ou, no mínimo, que nenhum tenha aspectos
desarmônicos.

   Poderíamos perguntar-nos, no entanto, que data tem-se que
levar em consideração? A data da constituição da sociedade, o
dia em que se solicita a licença de abertura, o dia em que se
aluga o local, ou o momento em que se faz o brinde? A resposta é
bem simples. A data com validez astrológica é aquela na qual o
negócio começa a funcionar para o público. Este é o verdadeiro
"nascimento" do negócio, enquanto que tudo o mais faz parte do
período de "gestação" dessa empresa. Acontece o mesmo que com os
mapas natais das pessoas, que sempre se baseiam no momento da
primeira inalação do recém-nascido (seu primeiro contato com o
mundo exterior), e não no momento em que se produz a fecundação.

   Em geral, pode-se dizer que os melhores momentos para a
abertura de um negócio são, por ordem de maior a menor força, os
seguintes:

- Existência de um TRIGONO (aspecto harmônico forte) entre um
planeta e o Meio do Céu. De acordo com a "intensidade" do
trígono, o que se indica com uma pontuação que vai de 0 a 10, a
força harmônica do mesmo será mais potente.

- Existência de uma CONJUNÇÃO (aspecto neutro) entre um planeta
essencialmente harmônico e o Meio do Céu. Somente se pode
considerar dentro deste capítulo a conjunção de Júpiter com o
MC.

- Existência de um SEXTIL (aspecto harmônico médio) entre um
planeta e o Meio do Céu. Segundo a "intensidade" do sextil for
maior, o que se indica com uma pontuação que vai de 0 a 10, sua
força harmônica será mais potente.

- Existência de uma CONJUNÇÃO (aspecto neutro) entre um planeta
(exceto Júpiter) e o Meio do Céu. Segundo a "intensidade" da
conjunção for maior, o que se indica com uma pontuação que vai
de 0 a 10, sua força harmônica será mais potente.

   Em troca, as datas mais problemáticas para a fundação de um
negócio são, por ordem de maior a menor intensidade, as
seguintes:

- Existência de uma QUADRATURA (aspecto desarmônico forte) entre
um planeta e o Meio do Céu. Segundo a "intensidade" da
quadratura for maior, o que se indica com uma pontuação que vai
de 0 a 10, sua força desarmônica será mais potente.

- Existência de uma OPOSIÇÃO (aspecto desarmônico médio) entre
um planeta e o Meio do Céu. Segundo a "intensidade" da oposição
for maior, o que se indica com uma pontuação que vai de 0 a 10,
sua força desarmônica será mais potente.

   Em qualquer caso, como este não é um informe determinista mas
somente orientativo, nas explicações sobre as "quadraturas" e as
"oposições" se dão conselhos e soluções práticas para os
negócios que tenham sido abertos em alguma destas datas. Isto é
especialmente útil para as pessoas que já abriram sua empresa e
acodem a este relatório para ver que aspecto astrológico estava
vigente no momento em que se realizou a abertura de seu negócio.
Igualmente, no caso dos aspectos harmônicos (trígono, sextil)
também se dão orientações sobre como conseguir o máximo de
benefícios dessa força astrológica.

   Para terminar, se pode dizer que as "datas pico" são aquelas
que possuem uma influência mais pura, com o que é recomendável
fazer uso das datas pico harmônicoas sempre que for possível.
Assim, se evita a mistura de forças em caso de existir mais de
um aspecto vigente durante determinados dias.

Tropical/Placidus   NATAL CHART

Cálculo para zona horária 8 horas 

Natal Posiçöes:
Sol=22SA48    Lua=23SC46    Mer= 1SA59    Vén= 4AQ49    Mar=17AQ37 
Júp=11TA46    Sat=25LI00    Urn=17CN28    Nep=23LI25    Plu=23LE10 
Nodo=14AQ59    Asc=14GE56     MC=16PI38 

PLANETA-A-PLANETA SELECÇÖES
Natal: Sol Lua Mer Vén Mar Júp Sat Urn Nep Plu Nodo Asc MC
Transitado: Sol Mer Vén Mar Júp Sat Urn Nep Plu
           ASPECTO         ORBE                ASPECTO         ORBE
Conj  (  0 gr 00 min) 1 gr 00 min Opos  (180 gr 00 min) 1 gr 00 min
Cuad  ( 90 gr 00 min) 1 gr 00 min Tríg  (120 gr 00 min) 1 gr 00 min
Sxtil ( 60 gr 00 min) 1 gr 00 min 
Nov 18, 2002         (Out 17, 2002 - Dez 14, 2002)   Plu Cuad MC

PLUTÃO QUADRATURA MEIO CÉU

INTENSIDADE: 10

   Este, em princípio, não é o momento mais adequado para
iniciar uma atividade social, econômica ou profissional, ainda
que evidentemente a astrologia "inclina, porém não obriga". O
fundamental ponto cinzenta deste momento astrológico é que a
empresa que abrir suas portas agora, vai encontrar-se de frente
com interesses criados bastante fortes. Se tratam de interesses
arraigados em torno do ramo em questão, sobre o qual se quer
desenvolver essa atividade. Como é bem sabido, hoje em dia em
uma sociedade tão competitiva, nunca é fácil atingir uma cota do
mercado posto que sempre estão os competidores pendentes da
jogada. Por isso, também é muito provável que aqueles
estabelecimentos ou competidores que já tenham muitos anos nesse
ramo em questão, tenham determinados recursos bem controlados, o
que logicamente dificultará as coisas aos que começam. Portanto,
o negócio aberto durante estas datas pode nascer um tanto
sufocado pelos ditos interesses criados, arraigados há tempos
atrás, o qual derivará em maiores dificuldades no início da
atividade.

   Em qualquer caso, se é evidente que a abertura de um negócio
nestas datas proporcionará grandes experiências, em ocasiões
fortes, porém que enriquecerão e farão amadurecer enormemente
aos donos ou fundadores do negócio, e inclusive a seus gerentes
e empregados. Sem dúvida nenhuma, se pode estar pagando talvez o
preço do novo, do atual ou, inclusive, do novato...

   As fricções podem ser de diversos tipos. Por exemplo, em
relação com os competidores pode existir exaltação de ânimos de
fundo, que no concreto poderiam ser pequenos artifícios ou
armadilhas que eles colocam no negócio que está começando.
Assim, eles pensam que se lhes está fazendo a competição em um
campo que acreditam ter controlado.

   Terá que ter igualmente precaução com as reclamações, as
queixas e as sugestões dos clientes insatisfeitos, procurando em
todo momento suavizar os atritos. É preferível deixar de ganhar
algo, ou inclusive perder um pouquinho nesse caso, antes que
ganhar inimizades de pessoas que a partir de então vão a ter uma
atitude antipática, ou talvez até beligerante. Portanto, uma das
chaves fundamentais é o reduzir a tensão, suavizar as
circunstâncias e evitar as fricções desnecessárias, já que isso
pode esquentar um tanto a atmosfera do negócio.

   Além disso, este necessário equilíbrio há de levar-se também
ao âmbito das relações internas da empresa, procurando que as
relações humanas sejam de bom nível, para evitar atritos de
caráter pessoal e suscetibilidades, ou que se produzam grupos ou
grupinhos de pressão com interesses particulares. Isso vai ser,
obviamente, um trabalho a ser iniciado pelos donos e gerentes.

   Os que dirigem a empresa necessitarão ter bastante capacidade
de auto-controle e sangue frio. É necessário não tomar decisões
drásticas ou precipitadas e, para isso, fazer uso em todo
momento da sagacidade e a capacidade de reflexão. Antes de dar
conhecer aos empregados - ou em seu caso ao público - uma nova
decisão, uma oferta ou um novo produto, é absolutamente
fundamental que aqueles que dirigem o negócio tenham incubado e
maturado perfeitamente o assunto. Portanto, se trata sobretudo
de agachar-se e esperar-se pacientemente, até que seja o momento
preciso, para então lançar-se ao campo de ação. Quanto maior for
o peso específico de cada uma das decisões, tanto maiores serão
as possibilidades de êxito e de permanência no tempo de seus
benefícios.

   Portanto, se requer muita psicologia para poder manejar este
negócio, o que significa colocar os meios para criar um ambiente
de trabalho agradável, evitando que as pessoas que nele
trabalham estejam continuamente resmungando, queixando-se ou com
uma atitude mal humorada. Para isso, é absolutamente essencial
que os primeiros em dar o exemplo sejam precisamente os
proprietários e, em seu caso, o gerente do negócio. Quando as
pessoas se encontram em um estado psíquico rígido, pouco
motivado e negativo vai se gerando uma atmosfera que, sem
exagerar em demasia, espanta os clientes. Portanto, seria
preferível ter menos pessoal e muito motivado, antes que
trabalhar com muita quantidade e pouca qualidade.

   Em síntese, se requer dar um "enfoque evolutivo" a este
negócio porém, o que significa isso? Fundamentalmente, se trata
de que tanto os donos como os gerentes e os empregados tenham
uma atitude positiva frente as circunstâncias. Ou seja, que
estejam predispostos a tomar pequenos fracassos ou as
dificuldades cotidianas, como oportunidades para aprender coisas
que até agora não sabiam. Assim, se cada prova ou tropeço que se
apresenta é adequadamente analisado com objetividade, e se lhe
dá o adequado respeito, como uma parte da realidade que é, então
o negócio irá cada vez mais para cima. Em troca, se os equívocos
ou os tropeços são tomados como "mal dia", "má sorte" ou
simplesmente como algo que há que esquecer, então é muito
provável que as dificuldades e os problemas sigam se acumulando,
até fazer a pressão insustentável. Ao contrário, existe um ponto
de inflexão ou ponto crítico no qual as pessoas que trabalham
neste negócio podem mudar sua atitude mental, e iniciar a pensar
positivamente. Para isso, há que ter a plena consciência de que
a realidade nunca se equivoca, e que para mudar a realidade
circundante, ou seja, as circunstâncias, é necessário ver e
analisar a realidade de frente. Somente a partir da realidade do
aqui e agora é possível estabelecer soluções práticas, reais e
que conduzam ao êxito.


Dez 8, 2002      2 PM(Dez 7, 2002 - Dez 9, 2002)     Sol Cuad MC

SOL QUADRATURA MEIO DO CÉU

INTENSIDADE: 2

   Um negócio ou investimento nascido durante estas datas
certamente possui elementos contrários que há que se considerar
e analisar. Isso não significa que não seja possível superar
essa certa radiação desarmônica, já que estamos falando de uma
intensidade de força que não é excessivamente prejudicial.

   Para iniciar, há que entender que o principal defeito no
enfoque deste negócio é o complexo de superioridade. Ou seja,
provavelmente devido as expectativas dos donos ou fundadores,
esta atividade comercial ou profissional nasce com pretensões
exageradamente grandes. Entretanto, a sintonia com a sociedade
não vai ser demasiado alta, com o que este estabelecimento ou
gabinete profissional lhe custará fazer-se de renome, prestígio
ou consideração entre o público. Como diz o refrão, "nem tudo
que reluz é ouro". Isto quer dizer que o negócio em questão pode
pecar por demasiada fachada e aparência e, assim, cai em êrros
essenciais ou de fundo.

   Como primeiros erros podemos citar o excesso de confiança, o
qual poderíamos chamar hiper-confiança no futuro. Dito de outra
forma, os donos ou diretores do negócio basearam seu esquema de
ação, de investimentos e inclusive de pagamentos em expectativas
demasiadamente folgadas e otimistas. Isto supõe um problema, já
que não houve suficiente capacidade de previsão e deram-se como
certas demasiadas coisas que agora a realidade começa a colocar
em dúvida.

   Em segundo lugar, o tratamento com os clientes é um tanto
arrogante e não suficientemente considerado, com o que o cliente
se sente um pouco complexado ou tímido na hora de tomar sua
decisão de compra. Isto se conecta também com o fato de que a
empresa, no caso de que haja cometido um erro, não dará a razão
ao cliente nem lhe reconhecerá seus direitos. Ou seja, lhe
custará recapacitar sobre os erros cometidos na gestão ou na
aquisição por parte da empresa de determinados produtos para
logo colocá-los à venda.

   O terceiro foco de conflito é o gerar expectativas exageradas
nos clientes - atuais ou potenciais - sobre a qualidade e os
benefícios que eles podem obter ao comprar ou contratar serviços
com esta empresa. Assim, se tende a vender esorbitando as
vantagens do que se vende e minizando ao mesmo tempo suas
possíveis ou potenciais desvantagens, com o que a relação
vendedor-cliente não é suficientemente sincera e plena. Isto
pode ter o efeito de que alguns clientes comprem uma vez, mas
não tenham vontade de voltar. É dizer, o cliente se transformará
então em um comprador insatisfeito que terá uma percepção
negativa da empresa. Isso ocasionará um prejuízo na fidelidade
da clientela para com o negócio e para os produtos, serviços ou
marcas que este promove.

   O quarto possível erro, que pode chegar a ser vital, é o que
poderíamos chamar genericamente de um mal cálculo do fator
social. É dizer, pode ocorrer que este comércio ou gabinete
profissional não sintonize com a sociedade ou com o momento
sociológico, com o que nos daríamos com um negócio de caráter
marcadamente egocêntrico; ou seja, se desenhou a atividade, se
realizou um plano de investimentos e se fez as coisas em função
dos gostos e das convicções pessoais dos donos. Assim,
provavelmente estes caem no erro de pensar que o que gostam, os
demais tem que forçosamente gostar. Isto muito provavelmente não
será assim; podemos dizer que falta um verdadeiro estudo das
preferências do mercado atual ou potencial para o qual se quer
dirigir este negócio. Ou, ainda, também pode ocorrer que os
donos tenham querido abarcar demasiado mercado, ou seja,
dirigir-se a muito diferentes tipos de pessoas ou classes de
clientes, o que certamente é difícil. Porisso, seria preferível
estabelecer um enfoque de marketing no qual a política do
negócio se dirija a um setor específico da população, dando-lhes
a qualidade e a aparência que eles buscam. Se quer-se abarcar a
todo o mercado, muito provavelmente a personalidade ou a
definição do próprio negócio ficará um pouco ambígua, mesclada
ou indefinida, com o que poucas pessoas sentir-se-ão
identificadas com o enfoque do produto e do estabelecimento.

   Há um elemento que pode salvar perfeitamente a situação e que
tem uma palavra muito específica que o define: criatividade. A
criatividade pode fazer com que um negócio cujo enfoque não
tenha frutificado o que se esperava dele, possa superar as
dificuldades mediante o aporte de novas idéias e convenientes
retificações. A criatividade, entusiasmo e impulso original que
se mantém vivos nos fundadores ou donos do negócio é o que pode
fazer que a situação passe de cinzenta à mais luminosa. Estas
decisões ou retificações não devem ser tomadas no caminho, pois
se poderia cair no erro típico de alguns negócios de ir provando
um enfoque atrás do outro segundo se vai vendo que o anterior
não funcionou. Isto, visto de fora por parte do público, supõe
uma imagem de insegurança e de que a empresa ou seus donos não
sabem o que querem. Porisso, é preferível que as decisões de
mudança sejam tomadas de forma muito meditada e com um adequado
processo de maturação. É dizer, há que se ver todos os
pormenores do caso, submeter as idéias ou os planos à prova
antes de executá-los, e não cair de novo em atitudes
egocêntricas. Para superar isto é muito conveniente saber
escutar o cliente e observar seus comentários como chaves
interessantes e valiosas, de acordo com as quais se pode
melhorar a perspectiva ou o enfoque do negócio. Porisso, saber
escutar pode ser uma chave essencial para retificar e levantar
definitivamente a situação.

Dez 27, 2002     3 AM(Dez 25, 2002 - Dez 28, 2002)   Mar Tríg MC

MARTE TRIGONO MEIO DO CÉU

INTENSIDADE: 3

   O negócio nascido durante estas datas encontra-se marcado por
um grande dinamismo e capacidade de luta. Nem os donos, nem os
gestores, nem os empregados se amedrontam frente as
circunstâncias quando estas não são favoráveis. Isto faz que as
dificuldades se superem rapidamente devido a que existe
assertividade e capacidade de resposta, a qual é em geral
acertada. Esta habilidade de decisão espontânea não tem nada que
ver com a indisciplina nem com fazer as coisas de forma
desordenada ou desleixada. Ao contrário, este negócio se
caracteriza por seguir uma linha muito clara, definida e com
objetivos muito específicos marcados de antemão. Portanto,
existe capacidade de decisão durante o andamento e de forma
espontânea, porém sempre sem perder de vista o ponto de
referência ou meta que se encontra a frente e muito claro.

   É bem sabido que o ambiente da rua em geral é duro e que
custa fazer-se um nome no mercado, o público ou sociedade. Para
conseguir penetrar na complexa infinidade de interêsses,
tendências e preferências que existem no público é
imprescindível ter uma personalidade própria e uma linha muito
definida na atividade industrial, comercial ou de serviços que
se esteja desenvolvendo. Isto é o que podemos chamar a eficácia,
o ir direto ao ponto, ou simplesmente o dar soluções práticas
aos problemas e às necessidades que apresentam os clientes.
Todas estas são qualidades que um negócio fundado ou aberto
durante estas datas vai ter. Em nenhum momento existe
passividade nem tendência ao conformismo. A indecisão não tem
lugar neste negócio.

   Portanto, a força deste negócio radica-se em sua capacidade
de luta, a qual em nenhum momento há que entender como
agressividade mas sim sensivelmente como competitividade. Querer
ser líder por méritos próprios e destacar-se sobre os demais não
é nenhum pecado. Ao contrário, pois quem toma a iniciativa tem
as de ganhar. Desse modo, os clientes observam que os empregados
e gerentes deste negócio se esforçam ao máximo em satisfazer
suas necessidades, sempre procurando que seja da forma mais
rápida e direta possível. Provavelmente, muitos clientes acodem
a este estabelecimento ou gabinete profissional porque observam
que em outros lugares lhes colocam demasiados impecilhos ou
existem atrasos, certa incompetência ou falta de definição. Em
troca, nesta firma encontram soluções diretas e que podem ser
levadas em prática o quanto antes. Ao final, todos ganham quando
a inter-relação vendedor-cliente é direta, sincera, energética,
profissional e muito clara nos respectivos compromissos. Em
conexão com isso, é muito importante que o cliente entenda em
todo momento quais são os termos da negociação, ou seja, o que
deve esperar do produto ou serviço assim como da empresa,
incluindo a relação qualidade-preço, a garantia, a reposição ou
requisição de manutenção etc. Assim, se ganha em mútua confiança
se desde o princípio quem faz a venda demonstra claramente a seu
cliente as características, condições, vantagens e desvantagens
daquilo que pretende vender.

   Simultaneamente, o cliente sempre gosta de saber que a pessoa
que tem em frente e que vai lhe proporcionar um produto ou
serviço está segura, confiante e inclusive entusiasmada com as
excelências e as qualidades daquilo que está tratando de
comercializar. Obviamente, se o cliente observa algum rasgo de
insegurança no vendedor é muito provável que dê meia volta e se
vá ou que deixe a compra para mais adiante. Se o vendedor - seja
do produto que for - está transmitindo confiança, segurança e
entusiasmo, então é muito mais provável que surja essa chispa
que motivará o comprador a decidir a aquisição de um bem ou
serviço. O cliente também gosta, se há algo que pediu e que
nesse momento não está disponível, que o vendedor seja capaz de
tomar uma rápida decisão de abastecer-lhe o quanto antes
possível, sem mais demora. Ainda que pareça estranho, em
numerosas ocasiões ocorre que o vendedor muitas vezes sem dar-se
conta gera problemas ou obstáculos a seu cliente, às vezes
inconscientemente. Isto, entretanto, não ocorre em absoluto
neste negócio, pois tanto os donos como gerentes e empregados
têm uma idéia bem clara do que querem e de como hão de dizê-lo,
pelo que não existem dúvidas nem maiores complicações.
Simplesmente, a filosofia é colocar as coisas fáceis para que o
comprador se decida de forma fácil.

   Por último, há que citar como característica importante deste
negócio sua facilidade na hora de assumir riscos. É dizer, a
maquinaria do negócio global em si, formada pelos donos,
gerentes e empregados, não se ressente quando é necessário
acelerar o ritmo de atividade ou inclusive quando se vai iniciar
uma expansão que comporta um certo risco. Ao contrário, as novas
metas e o colocar a frente da vista outros objetivos, resulta
ser um estímulo para o conjunto de pessoas que participam no
projeto. Porisso, a palavra motivação aqui é fundamental. Dito
de outra forma, cada trabalhador há de ganhar dinheiro e
ascender em relação direta com seus aportes, com a energia que
imprimir a favor do negócio, e com sua capacidade para
solucionar os problemas no dia-a-dia.


Jan 7, 2003      1 AM(Jan 6, 2003 - Jan 8, 2003)    Sol Sxtil MC

SOL SEXTIL MEIO DO CÉU

INTENSIDADE: 1

   O Sol é o símbolo do dia e da luz, com o que um negócio ou
atividade comercial iniciado nesta data é especialmente apto a
desenvolver-se em conexão com o público. É dizer, o negócio
nascido nestes dias terá um magnetismo especial para as pessoas
que o vêm de fora, pois elas capturam no ambiente do
estabelecimento clareza e luminosidade, assim como fins claros e
colocados totalmente à vista. Portanto, um dos pontos fortes
deste negócio vai ser o manter uma política de preços e de trato
com o cliente muito franca, direta e sempre usando a verdade. Os
clientes saberão apreciar estes detalhes de sinceridade e,
porisso, serão especialmente fiéis. Portanto, se você segue esta
regra de ouro e evita a todo custo as meias verdades, os pontos
obscuros, as condições de vendas ambíguas, ou o ocultar certos
defeitos do produto ao cliente, então obterá os máximos
resultados.

   Há que ter em conta também que o Sol representa a criação, a
criatividade, a sublimação das energias e até certo ponto a
arte, com o que este será um momento muito propício para iniciar
uma atividade ou investimento no qual a estética, a força, a
energia e a vitalidade da idéia sejam elementos centrais.

   Se pensa abrir um negócio nestas datas, sobretudo haverá de
vender segurança pessoal, com a convicção de que seus produtos
são realmente os melhores, que são líderes no mercado e que
provém uma qualidade mais alta que a normal. Portanto, aparte da
primeira característica - a sinceridade na venda - agora temos
que propor a segunda palavra chave essencial deste negócio: a
qualidade e nobreza dos elementos. Não se trata de tire você de
casa pela janela e de que vá decorar seu negócio com o que
existe de mais caro. Tenha em conta que para o cliente o mais
importante não é o ambiente ou os elementos decorativos, mas a
qualidade do que vai comprar, ou seja, do produto em si mesmo.
Portanto, é essencial que para ter êxito com seu negócio seja
você capaz de alimentar aquelas características que o Sol em
posição harmônica representa. Por exemplo, escolha entre seus
fornecedores aqueles que lhe dêm uma maior garantia e procure
comercializar produtos de qualidade e de reconhecido prestígio.
Este não é, portanto, um negócio de grandes massas ou no qual há
de predominar fundamentalmente o barato sobre o bem acabado e
duradouro. Melhor, ao contrário, o enfoque mais conveniente e
correto para um estabelecimento aberto nestas datas é fomentar a
distinção, a confiança no produto e a nobreza dos materiais com
os quais se trabalha.

   Se poderia também citar um terceiro elemento fundamental que
vai ser dinamizador da vida de seu negócio. Se trata da
extroversão, a sociabilidade e a imagem impecável. É preciso que
você se convença a si mesmo e também seus empregados da
necessidade de fomentar o prestígio do negócio. Para isso, o
tratamento ao cliente tem que ser seguro, nobre, respeituoso e
às vezes caloroso. Dito de outra forma, a imagem, a presença e a
dignidade no tratamento com os clientes será fundamental, pois
somente assim se poderá gerar um ambiente adequado e relações
vendedor-cliente completas. Portanto, seja consciente e faça
consciente a seus empregados da importância que implica o ato da
compra-venda, seja qual for o produto, o serviço ou a idéia de
que se trate. Veja-o como um intercâmbio de energias, como um
compromisso sutil no qual as pessoas intercambiam suas forças e
até certo ponto sua vontade. Sempre deixe que o cliente esteja
plenamente consciente de sua decisão e ajude-o de forma
pedagógica a estabelecer a correta direção, aplicação e uso de
sua compra. Um arbítrio culto, expansivo, bem informado e
otimista no trato com as pessoas é o que lhe fará alcançar esse
fator tão essencial chamado reputação. Além disso, nunca use
empregados que, por serem aparentemente mais baratos, na
realidade não tenham uma verdadeira vocação ou sentido de missão
individual cara ao trabalho que fazem. Se eles transmitem
desânimo, falta de convencimento, ou ainda, insegurança e
apatia, isso poderá certamente minar a auréola de auto-confiança
que considera-se como fundamental.

   Em síntese, este é um bom momento para iniciar qualquer
atividade comercial na qual existe o convencimento de que se
pode chegar a ser líder. Talvez não se seja líder em vendas
totais ou absolutas, mas sim em qualidade, serviço, tratamento
pessoal e atenção com a clientela.

   Por exemplo, é um momento adequado para abrir um negócio no
qual o contato com os poderes públicos, tais como poderiam ser o
governo, o município ou similares, vai ser fundamental. Além
disso, o local deve estar o mais visível que se possa e se isso
não se puder fazer, os contatos sociais serão muito importantes
já que estes abrirão portas ao negócio.


Fev 11, 2003     5 PM(Fev 10, 2003 - Fev 13, 2003)   Mar Cuad MC

MARTE QUADRATURA MEIO DO CÉU

INTENSIDADE: 3

   O negócio nascido durante estas datas se caracteriza
sobretudo pelo impulso, a iniciativa e o risco excessivo. Há uma
notável capacidade para as carreiras de obstáculos, ou seja,
para ir enfrentando-se aos problemas e dificuldades durante a
caminhada, sem duvidar em nenhum momento da própria capacidade.
É dizer, existe confiança nas próprias possibilidades do negócio
e, em geral, não surge o desânimo nem a desmotivação. Há umas
metas ou objetivos muito claros a frente e, ainda que existam
tropeços ou equívocos, o esforço e a energia interior fazem que
se continue, não sem certa teimosia.

   Este negócio necessita aprender a controlar seus riscos,
porque se confia-se demasiado na capacidade de decisão
espontânea é bastante provável que se produza um
super-aquecimento ou uma certa tensão na dinâmica do negócio,
assim como nas pessoas que formam parte dele: donos, diretores e
subordinados. Portanto, é necessário que evite sempre manter-se
ao limite ou em um delicado equilíbrio. É preciso que antes de
tomar qualquer decisão exista um período básico de reflexão para
que dessa forma as sucessivas atuações não sejam às cegas.
Quando se pontualiza e se calcula convenientemente de antemão um
plano específico, então as opções de êxito aumentam, não somente
quanto a conseguir maiores resultados, como também no que se
refere a gastar menos energias.

   Se não se segue este conselho com relação ao controle de
riscos, é bastante provável que certas dificuldades se
prolonguem excessivamente no tempo, ou inclusive que aumentem.
Porisso, se requer fundamentalmente frieza para manter a cabeça
firme e praticar sobretudo o senso comum. Ainda quando em
determinados momentos a atividade seja frenética, o essencial é
que a tomada de decisões, o estabelecimento de linhas de atuação
e a execução das mesmas sejam moderadas, equilibradas e firmes.
Ao contrário, se atua-se às tontas e loucamente é muito possível
que os planos não saiam como se pensava. Por exemplo, a
competição poderá ser bastante mais dura do que havia se
calculado previamente, talvez o mercado para o qual se queira
dirigir o negócio seja bastante mais difícil de penetrar do que
se havia prognosticado e, portanto, o tempo para conseguir os
objetivos marcados previamente seja mais dilatado do que se
havia previsto. Porisso, se vai-se sempre ao limite e surge
algum elemento imprevisto que atrasa as coisas, então o negócio
pode passar francamente mal, já que em seu plano de atuação não
se levou em conta os fatores chamados imponderáveis.

   Este negócio tem a grande vantagem de que há segurança e
confiança em suas próprias possibilidades, assim como a
existência de motivação e entusiasmo na idéia original por parte
dos donos e gerentes. O que ocorre é que a motivação e que a
auto-confiança hão que ser dosadas. É muito importante que
exista um bom trabalho de equipe e que todos opinem e se sintam
partícipes das decisões, pois essa é a única maneira de que cada
um entenda seu papel e o entenda com perfeição. Porisso, o
fundamental de novo é que os donos ou diretores mantenham a
cabeça bem fria, posto que se começarem a perder um pouco os
papéis ou a agir de forma brusca ou tensa, isso fará
ressentir-se a pirâmide hierárquica completa do negócio. É
dizer, essas energias desarmônicas chegarão e afetarão também
aos empregados de base. Portanto, se há que enfrentar-se alguma
situação difícil ou se há que realizar um esforço maior, isso há
de se plantar em um ambiente de respeito e inclusive de
companheirismo. Dessa forma, as pessoas implicadas se verão como
partes integrantes de um todo, sentir-se-ão importantes e
observarão que seus esforços estão sendo suficientemente
valorizados. A este respeito é muito importante que os donos ou
as pessoas que tomam as decisões, em momentos de certa urgência
ou dificuldade alicercem muito bem as coisas antes de fazê-las
chegar aos subordinados. É necessário fazer a estes últimos um
planejamento realista sobre as coisas e, logicamente,
oferecer-lhes uma motivação em forma de incentivos, sobretudo em
caso de que haja que fazer-se esforços extra.

   Para que este negócio triunfe, o importante é atingir e
manter um prestígio baseado em dar soluções práticas, rápidas e
eficientes aos problemas e necessidades que os clientes apontam
na hora de comprar. Isso requer uma relação sincera e direta
entre vendedor e cliente. Além disso, a capacitação e reciclagem
de todo o pessoal do negócio é fundamental para estar em dia,
ter a última informação e saber responder a qualquer pergunta. A
chave é, portanto, a competitividade. Ainda que a empresa não
possa ser líder absoluta no setor, o que se necessita é que
destaque claramente em um, dois ou tres aspectos concretos, os
que servirão de ponto de referência para a clientela. Assim, por
exemplo, poderá sobressair a rapidez na realização do trabalho,
na entrega do produto, a eficiência na manutenção ou serviço
técnico, ou um bom estudo prévio sobre as necessidades do
cliente para assim satisfazê-las na justa medida. Por outro
lado, essa relação franca e sincera entre vendedor e cliente
implica que as expectativas que se criam no comprador sejam
realistas e que em nenhum momento estejam infladas
artificialmente. Se trata de que a decisão de compra seja o mais
consciente possível, e para isso é imprescindível a informação
que o vendedor proporciona de antemão ao cliente.

   Por último, é necessário promover bons relacionamentos,
companheirismo e o respeito nas relações, não somente do
vendedor com o cliente, mas entre todos da equipe que trabalha
na empresa. Porisso, é muito recomendável que se organizem
acontecimentos de caráter social, cultural, seminários ou
inclusive atividades de lazer. Dessa forma se promove a amizade,
a confiança, o companheirismo e se suavizem as possíveis
situações de tensão nas relações de trabalho. Além disso, assim
se libera o stress das atividades cotidianas da empresa.


Mar 7, 2003      7 AM(Mar 6, 2003 - Mar 8, 2003)     Sol Conj MC

SOL CONJUNÇÂO MEIO DO CÉU

INTENSIDADE: 2

   O Sol representa o centro, ou seja, aquele ponto do qual
parte a radiação e se expande para o resto dos planetas do
sistema solar. Portanto, este negócio não vai ser um negócio
qualquer. Se seus donos têm a suficiente capacidade de direção e
sabem aproveitar as oportunidades, é bastante provável que esta
atividade produza ou gere "filhos". Dito de outra forma, é muito
possível que esta atividade profissional ou comercial dê lugar a
outras iniciativas posteriores, com o que este negócio deixará
"descendência". Esta radiação solar é fundamentalmente criadora
e criativa, com o que a vitalidade e a força desta atividade
profissional residirá em boa medida no aporte de projetos
genuínos e originais por parte dos dirigentes do negócio.

   É dizer, em nenhum momento se pode cair na rotina, porque
isso certamente seria um sintoma de declive da atividade. Faz
falta convicção tanto por parte dos donos como por parte dos
empregados para assim transmitir segurança, auto-confiança no
caminho que se está seguindo, e um espírito não somente
competitivo mas também de busca contínua da qualidade. Portanto,
este não é um negócio de massa, nem de coisas ou serviços
baratos e pouco esmerados. Se trata de alcançar a excelência no
trato com o cliente; a qualidade nos materiais, os produtos ou
serviços que se prestam; e, em geral, um amplo sentido da
vocação, ou seja, de fazer as coisas porque gostam, porque
convencem e não por obrigação ou rotina.

   Se isto se faz na linha citada, certamente sobrevirá o
reconhecimento do público, que é o que dá como resultado da
reputação e o prestígio do negócio. Para atingí-lo, é necessária
uma dose de sinceridade, de sinceridade entre os sócios, de
sinceridade entre os empregados e de sinceridade com a própria
realidade circundante. Certamente, um negócio aberto durante
estas datas terá a virtude de ver a realidade de frente, o que
dará vantagens para tirar desta maior partido, posto que não se
estará nunca se evadindo das dificuldades. Ao contrário,
qualquer experiência que em princípio poderia se considerar como
negativa, tal como uma diminuição nas vendas, será imediatamente
analisada e experimentada como um aviso de que algo não está
sendo feito corretamente. Assim, nunca existirá uma atitude
derrotista ou determinista.

   É a energia individual a que verdadeiramente motiva este
negócio, com o que o entusiasmo, o convencimento e o espírito de
superação de seus diretores e empregados serão chaves essenciais
para atingir o êxito. Se a atividade deste negócio se toma com
um espírito esportivo no mais amplo sentido da palavra, então
far-se-ão presentes qualidades tão importantes como a vontade, o
estímulo, a humildade e a competitividade.

   Surgirão muito boas relações sociais graças à atividade deste
negócio, as quais podem aumentar as perspectivas do mesmo e ser
como chaves que abrem portas que até então não se haviam podido
vislumbrar. Por exemplo, o contato com pessoas importantes, a
conversação com pessoas que são muito criativas e que aportam
conselhos valiosos; a aparição de contratos, vendas ou
relacionamentos com pessoas do governo ou da comunidade, assim
como o ir fazendo gradativamente uma clientela seleta e leal. Em
síntese, não se trata de fazer um círculo de clientes
exclusivos, mas sim de oferecer o bom para assim atrair o bom,
com o que esta é a antítese ou o pólo oposto do simples biscate
e da falta de aplicação.

   O respeito é outro elemento fundamental para o correto
funcionamento deste negócio, e de fato será uma das
características fundamentais do mesmo: respeito entre os
empregados entre si, do vendedor com o cliente, da direção ou
gerência com sua equipe, e assim sucessivamente. Promover
elevadas relações humanas, dignas, sinceras e abertas é o que
fará que o público se fixe especialmente neste negócio, e que o
cliente se veja motivado a ser fiel ao mesmo. A clientela saberá
que nesta empresa encontra um tratamento sério, profissional e
cordial, às vezes conselhos objetivos e imparciais, com a plena
segurança de que lhe será cumprido todo o estipulado. Dito de
outra forma, a regra de ouro fundamental vai ser que "a palavra
vale como se fosse escrita".

   Como bem sabem os melhores vendedores, uma das maiores
resistências por parte do consumidor na hora de comprar é a
desconfiança, e um dos maiores fatores que fazem que o cliente
rompa com seu estabelecimento é o sentir-se fraudado em suas
expectativas iniciais. Portanto, para conseguir este equilíbrio
sutil é necessária a sinceridade e a formalidade, com o que terá
que explicar claramente quais são as vantagens e as desvantagens
de cada um dos produtos e serviços que se oferecem. Nem é bom
elevar excessivamente as expectativas do cliente sobre o que vai
comprar, nem tampouco dar uma sensação de insegurança ou de
falta de convicção sobre as qualidades do que se quer vender.
Portanto, um planejamento realista e aberto protege frente a
possíveis reclamações ou aborrecimentos por parte dos clientes.

  Se você é o dono ou sócio de um negócio aberto durante estas
datas, não tenha nenhum medo de exercer sua autoridade mas, isto
sim, evitando sempre as atitudes vaidosas, arrogantes e
fanfarronas. Se trata de ser digno mas não altivo, seguro de si
mesmo mas não presunçoso, e confiante nas circunstâncias porém
não excessivamente pretencioso em seus projetos. Se você for
tomando consciência de suas habilidades como gerente ou diretor,
verá que a criatividade e a energia que imprimir ao seu negócio
serão recompensadas. Veja a atividade comercial, empresarial ou
de negócios como um intercâmbio de energias com o meio ambiente
e, também, como uma excelente oportunidade para aperfeiçoar a si
mesmo, para manifestar suas habilidades criativas, e para
desenvolver aspectos de sua personalidade que até agora tinha em
estado potencial. Com esta filosofia irá observando que o
controle, o êxito e a expansão em um negócio se encontram muito
ligados ao manejo consciente e correto sobre as próprias
energias. Dito em outras palavras, os projetos equilibrados
redundam em equilíbrio, a autoridade comedida obtém os melhores
resultados, e os planos que respeitam a realidade geram
circunstâncias propícias e exitosas. Manifeste o melhor de si
mesmo e comprovará que a vida em nenhum momento vai lhe falhar.
Ou seja, qualquer energia criativa e da vontadde aplicada
corretamente sempre regressa...


Mar 30, 2003    10 PM(Mar 29, 2003 - Abr 1, 2003)   Mar Sxtil MC

MARTE SEXTIL MEIO CÉU

INTENSIDADE: 2

   O negócio nascido durante estas datas encontra-se marcado por
um grande dinamismo e capacidade de luta. Nem os donos, nem os
gestores, nem os empregados se amedrontam frente as
circunstâncias quando estas não são favoráveis. Isto faz que as
dificuldades se superem rapidamente, devido a que existe
assertividade e capacidade de resposta, a qual é em geral
acertada. Esta habilidade de decisão espontânea não tem nada que
ver com a indisciplina nem com fazer as coisas de forma
desordenada ou desleixada. Ao contrário,  este negócio se
caracteriza por seguir uma linha muito clara, definida e com
objetivos muito específicos marcados de antemão. Portanto,
existe capacidade de decisão durante o andamento e de forma
espontânea, porém sempre sem perder de vista o ponto de
referência ou meta que se encontra a frente e muito claro.

   É bem sabido que o ambiente da rua em geral é duro e que
custa fazer-se um nome no mercado, o público ou sociedade. Para
conseguir penetrar na complexa infinidade de interêsses,
tendências e preferências que existem no público é
imprescindível ter uma personalidade própria e uma linha muito
definida na atividade industrial, comercial ou de serviços que
se esteja desenvolvendo. Isto é o que podemos chamar a eficácia,
o ir direto ao ponto, ou simplesmente o dar soluções práticas
aos problemas e às necessidades que apresentam os clientes.
Todas estas são qualidades que um negócio fundado ou aberto
durante estas datas vai ter. Em nenhum momento existe
passividade nem tendência ao conformismo. A indecisão não tem
lugar neste negócio.

   Portanto, a força deste negócio radica-se em sua capacidade
de luta, a qual em nenhum momento há que entender como
agressividade mas sim sensivelmente como competitividade. Querer
ser líder por méritos próprios e destacar-se sobre os demais não
é nenhum pecado. Ao contrário, pois quem toma a iniciativa tem
as de ganhar. Desse modo, os clientes observam que os empregados
e gerentes deste negócio se esforçam ao máximo em satisfazer
suas necessidades, sempre procurando que seja da forma mais
rápida e direta possível. Provavelmente, muitos clientes acodem
a este estabelecimento ou gabinete profissional porque observam
que em outros lugares lhes colocam demasiados impecilhos ou
existem atrasos, certa incompetência ou falta de definição. Em
troca, nesta firma encontram soluções diretas e que podem ser
levadas em prática o quanto antes. Ao final, todos ganham quando
a inter-relação vendedor-cliente é direta, sincera, energética,
profissional e muito clara nos respectivos compromissos. Em
conexão com isso, é muito importante que o cliente entenda em
todo momento quais são os termos da negociação, ou seja, o que
deve esperar do produto ou serviço assim como da empresa,
incluindo a relação qualidade-preço, a garantia, a reposição ou
requisição de manutenção etc. Assim, se ganha em mútua confiança
se desde o princípio quem faz a venda demonstra claramente a seu
cliente as características, condições, vantagens e desvantagens
daquilo que pretende vender.

   Simultaneamente, o cliente sempre gosta de saber que a pessoa
que tem em frente e que vai lhe proporcionar um produto ou
serviço está segura, confiante e inclusive entusiasmada com as
excelências e as qualidades daquilo que está tratando de
comercializar. Obviamente, se o cliente observa algum rasgo de
insegurança no vendedor é muito provável que dê meia volta e se
vá ou que deixe a compra para mais adiante. Se o vendedor - seja
do produto que for - está transmitindo confiança, segurança e
entusiasmo, então é muito mais provável que surja essa chispa
que motivará o comprador a decidir a aquisição de um bem ou
serviço. O cliente também gosta, se há algo que pediu e que
nesse momento não está disponível, que o vendedor seja capaz de
tomar uma rápida decisão de abastecer-lhe o quanto antes
possível, sem mais demora. Ainda que pareça estranho, em
numerosas ocasiões ocorre que o vendedor muitas vezes sem dar-se
conta gera problemas ou obstáculos a seu cliente, às vezes
inconscientemente. Isto, entretanto, não ocorre em absoluto
neste negócio, pois tanto os donos como gerentes e empregados
têm uma idéia bem clara do que querem e de como hão de dizê-lo,
pelo que não existem dúvidas nem maiores complicações.
Simplesmente, a filosofia é colocar as coisas fáceis para que o
comprador se decida de forma fácil.

   Por último, há que citar como característica importante deste
negócio sua  facilidade na hora de assumir riscos. É dizer, a
maquinaria do negócio global em si, formada pelos donos,
gerentes e empregados, não se ressente quando é necessário
acelerar o ritmo de atividade ou inclusive quando se vai iniciar
uma expansão que comporta um certo risco. Ao contrário, as novas
metas e o colocar a frente da vista outros objetivos, resulta
ser um estímulo para o conjunto de pessoas que participam no
projeto. Porisso, a palavra motivação aqui é fundamental. Dito
de outra forma, cada trabalhador há de ganhar dinheiro e
ascender em relação direta com seus aportes, com a energia que
imprimir a favor do negócio, e com sua capacidade para
solucionar os problemas no dia-a-dia.


Mai 7, 2003      7 AM(Mai 6, 2003 - Mai 8, 2003)    Sol Sxtil MC

    Esta influência astrológica (Sol Sxtil MC) também se
verificou em Jan 7, 2003. Faça o favor de voltar a es ta data.


Jun 7, 2003     12 PM(Jun 6, 2003 - Jun 8, 2003)     Sol Cuad MC

    Esta influência astrológica (Sol Cuad MC) também se
verificou em Dez 8, 2002. Faça o favor de voltar a es ta data.


Jul 8, 2003     10 PM(Jul 7, 2003 - Jul 9, 2003)     Sol Tríg MC

SOL TRIGONO MEIO DO CÉU

INTENSIDADE: 2

   O Sol é o símbolo do dia e da luz, com o que um negócio ou
atividade comercial iniciado nesta data é especialmente apto a
desenvolver-se em conexão com o público. É dizer, o negócio
nascido nestes dias terá um magnetismo especial para as pessoas
que o vêm de fora, pois elas capturam no ambiente do
estabelecimento clareza e luminosidade, assim como fins claros e
colocados totalmente à vista. Portanto, um dos pontos fortes
deste negócio vai ser o manter uma política de preços e de trato
com o cliente muito franca, direta e sempre usando a verdade. Os
clientes saberão apreciar estes detalhes de sinceridade e,
porisso, serão especialmente fiéis. Portanto, se você segue esta
regra de ouro e evita a todo custo as meias verdades, os pontos
obscuros, as condições de vendas ambíguas, ou o ocultar certos
defeitos do produto ao cliente, então obterá os máximos
resultados.

   Há que ter em conta também que o Sol representa a criação, a
criatividade, a sublimação das energias e até certo ponto a
arte, com o que este será um momento muito propício para iniciar
uma atividade ou investimento no qual a estética, a força, a
energia e a vitalidade da idéia sejam elementos centrais.

   Se pensa abrir um negócio nestas datas, sobretudo haverá de
vender segurança pessoal, com a convicção de que seus produtos
são realmente os melhores, que são líderes no mercado e que
provém uma qualidade mais alta que a normal. Portanto, aparte da
primeira característica - a sinceridade na venda - agora temos
que propor a segunda palavra chave essencial deste negócio: a
qualidade e nobreza dos elementos. Não se trata de tire você de
casa pela janela e de que vá decorar seu negócio com o que
existe de mais caro. Tenha em conta que para o cliente o mais
importante não é o ambiente ou os elementos decorativos, mas a
qualidade do que vai comprar, ou seja, do produto em si mesmo.
Portanto, é essencial que para ter êxito com seu negócio seja
você capaz de alimentar aquelas características que o Sol em
posição harmônica representa. Por exemplo, escolha entre seus
fornecedores aqueles que lhe dêm uma maior garantia e procure
comercializar produtos de qualidade e de reconhecido prestígio.
Este não é, portanto, um negócio de grandes massas ou no qual há
de predominar fundamentalmente o barato sobre o bem acabado e
duradouro. Melhor, ao contrário, o enfoque mais conveniente e
correto para um estabelecimento aberto nestas datas é fomentar a
distinção, a confiança no produto e a nobreza dos materiais com
os quais se trabalha.

   Se poderia também citar um terceiro elemento fundamental que
vai ser dinamizador da vida de seu negócio. Se trata da
extroversão, a sociabilidade e a imagem impecável. É preciso que
você se convença a si mesmo e também seus empregados da
necessidade de fomentar o prestígio do negócio. Para isso, o
tratamento ao cliente tem que ser seguro, nobre, respeituoso e
às vezes caloroso. Dito de outra forma, a imagem, a presença e a
dignidade no tratamento com os clientes será fundamental, pois
somente assim se poderá gerar um ambiente adequado e relações
vendedor-cliente completas. Portanto, seja consciente e faça
consciente a seus empregados da importância que implica o ato da
compra-venda, seja qual for o produto, o serviço ou a idéia de
que se trate. Veja-o como um intercâmbio de energias, como um
compromisso sutil no qual as pessoas intercambiam suas forças e
até certo ponto sua vontade. Sempre deixe que o cliente esteja
plenamente consciente de sua decisão e ajude-o de forma
pedagógica a estabelecer a correta direção, aplicação e uso de
sua compra. Um arbítrio culto, expansivo, bem informado e
otimista no trato com as pessoas é o que lhe fará alcançar esse
fator tão essencial chamado reputação. Além disso, nunca use
empregados que, por serem aparentemente mais baratos, na
realidade não tenham uma verdadeira vocação ou sentido de missão
individual cara ao trabalho que fazem. Se eles transmitem
desânimo, falta de convencimento, ou ainda, insegurança e
apatia, isso poderá certamente minar a auréola de auto-confiança
que considera-se como fundamental.

   Em síntese, este é um bom momento para iniciar qualquer
atividade comercial na qual existe o convencimento de que se
pode chegar a ser líder. Talvez não se seja líder em vendas
totais ou absolutas, mas sim em qualidade, serviço, tratamento
pessoal e atenção com a clientela.

   Por exemplo, é um momento adequado para abrir um negócio no
qual o contato com os poderes públicos, tais como poderiam ser o
governo, o município ou similares, vai ser fundamental. Além
disso, o local deve estar o mais visível que se possa e se isso
não se puder fazer, os contatos sociais serão muito importantes
já que estes abrirão portas ao negócio.


Ago 28, 2003         (Jul 19, 2003 - Out 6, 2003)    plu cuad mc

    Esta influência astrológica (plu cuad mc) também se
verificou em Nov 18, 2002. Faça o favor de voltar a es ta data.


Set 9, 2003     10 AM(Set 8, 2003 - Set 10, 2003)    Sol Opos MC

SOL OPOSIÇÂO AO MEIO DO CÉU

INTENSIDADE: 1

   Um negócio ou investimento nascido durante estas datas
certamente possui elementos em contra que há que considerar e
analisar. Isso não significa que não seja possível superar essa
certa radiação desarmônica, já que estamos falando de uma
intensidade de força que não é excessivamente prejudicial.

   Para iniciar, há que entender que o principal defeito no
enfoque deste negócio é o complexo de superioridade. Ou seja,
provavelmente devido as expectativas dos donos ou fundadores,
esta atividade comercial ou profissional nasce com pretensões
exageradamente grandes. Entretanto, a sintonia com a sociedade
não vai ser demasiado alta, com o que este estabelecimento ou
gabinete profissional lhe custará fazer-se de renome, prestígio
ou consideração entre o público. Como diz o refrão, "nem tudo
que reluz é ouro". Isto quer dizer que o negócio em questão pode
pecar por demasiada fachada e aparência e, assim, cai em êrros
essenciais ou de fundo.

   Como primeiros erros podemos citar o excesso de confiança, o
qual poderíamos chamar hiper-confiança no futuro. Dito de outra
forma, os donos ou diretores do negócio basearam seu esquema de
ação, de investimentos e inclusive de pagamentos em expectativas
demasiadamente folgadas e otimistas. Isto supõe um problema, já
que não houve suficiente capacidade de previsão e deram-se como
certas demasiadas coisas que agora a realidade começa a colocar
em dúvida.

   Em segundo lugar, o tratamento com os clientes é um tanto
arrogante e não suficientemente considerado, com o que o cliente
se sente um pouco complexado ou tímido na hora de tomar sua
decisão de compra. Isto se conecta também com o fato de que a
empresa, no caso de que haja cometido um erro, não dará a razão
ao cliente nem lhe reconhecerá seus direitos. Ou seja, lhe
custará recapacitar sobre os erros cometidos na gestão ou na
aquisição por parte da empresa de determinados produtos para
logo colocá-los à venda.

   O terceiro foco de conflito é o gerar expectativas exageradas
nos clientes - atuais ou potenciais - sobre a qualidade e os
benefícios que eles podem obter ao comprar ou contratar serviços
com esta empresa. Assim, se tende a vender esorbitando as
vantagens do que se vende e minizando ao mesmo tempo suas
possíveis ou potenciais desvantagens, com o que a relação
vendedor-cliente não é suficientemente sincera e plena. Isto
pode ter o efeito de que alguns clientes comprem uma vez, mas
não tenham vontade de voltar. É dizer, o cliente se transformará
então em um comprador insatisfeito que terá uma percepção
negativa da empresa. Isso ocasionará um prejuízo na fidelidade
da clientela para com o negócio e para os produtos, serviços ou
marcas que este promove.

   O quarto possível erro, que pode chegar a ser vital, é o que
poderíamos chamar genericamente de um mal cálculo do fator
social. É dizer, pode ocorrer que este comércio ou gabinete
profissional não sintonize com a sociedade ou com o momento
sociológico, com o que nos daríamos com um negócio de caráter
marcadamente egocêntrico; ou seja, se desenhou a atividade, se
realizou um plano de investimentos e se fez as coisas em função
dos gostos e das convicções pessoais dos donos. Assim,
provavelmente estes caem no erro de pensar que o que gostam, os
demais tem que forçosamente gostar. Isto muito provavelmente não
será assim; podemos dizer que falta um verdadeiro estudo das
preferências do mercado atual ou potencial para o qual se quer
dirigir este negócio. Ou, ainda, também pode ocorrer que os
donos tenham querido abarcar demasiado mercado, ou seja,
dirigir-se a muito diferentes tipos de pessoas ou classes de
clientes, o que certamente é difícil. Porisso, seria preferível
estabelecer um enfoque de marketing no qual a política do
negócio se dirija a um setor específico da população, dando-lhes
a qualidade e a aparência que eles buscam. Se quer-se abarcar a
todo o mercado, muito provavelmente a personalidade ou a
definição do próprio negócio ficará um pouco ambígua, mesclada
ou indefinida, com o que poucas pessoas sentir-se-ão
identificadas com o enfoque do produto e do estabelecimento.

   Há um elemento que pode salvar perfeitamente a situação e que
tem uma palavra muito específica que o define: criatividade. A
criatividade pode fazer com que um negócio cujo enfoque não
tenha frutificado o que se esperava dele, possa superar as
dificuldades mediante o aporte de novas idéias e convenientes
retificações. A criatividade, entusiasmo e impulso original que
se mantém vivos nos fundadores ou donos do negócio é o que pode
fazer que a situação passe de cinzenta à mais luminosa. Estas
decisões ou retificações não devem ser tomadas no caminho, pois
se poderia cair no erro típico de alguns negócios de ir provando
um enfoque atrás do outro segundo se vai vendo que o anterior
não funcionou. Isto, visto de fora por parte do público, supõe
uma imagem de insegurança e de que a empresa ou seus donos não
sabem o que querem. Porisso, é preferível que as decisões de
mudança sejam tomadas de forma muito meditada e com um adequado
processo de maturação. É dizer, há que se ver todos os
pormenores do caso, submeter as idéias ou os planos à prova
antes de executá-los, e não cair de novo em atitudes
egocêntricas. Para superar isto é muito conveniente saber
escutar o cliente e observar seus comentários como chaves
interessantes e valiosas, de acordo com as quais se pode
melhorar a perspectiva ou o enfoque do negócio. Porisso, saber
escutar pode ser uma chave essencial para retificar e levantar
definitivamente a situação.


Nov 9, 2003      3 AM(Nov 8, 2003 - Nov 10, 2003)    Sol Tríg MC

    Esta influência astrológica (Sol Tríg MC) também se
verificou em Jul 8, 2003. Faça o favor de voltar a es ta data.


Nov 21, 2003     4 PM(Nov 19, 2003 - Nov 23, 2003)   Mar Conj MC

MARTE CONJUNÇÂO MEIO DO CÉU

INTENSIDADE: 3

   O negócio nascido durante estas datas possui, entre outras, a
característica da praticidade e de ir diretamente ao ponto. Isto
significa que a premissa fundamental deste estabelecimento é dar
saída à necessidade do cliente da forma mais rápida, eficiente e
direta possível, evitando-lhe esperas intermináveis, dúvidas na
hora de escolher e o ter que acudir a intermediários. Portanto,
a boa fama que este negócio pode fazer entre o público se baseia
em dar respostas e satisfazer no andamento determinadas
necessidades e problemas, o qual implica num relacionamento
franco, direto, sincero e espontâneo entre vendedor e cliente.

   O anterior vai acompanhado de um alto sentido da
competitividade e a competência dos donos, gerentes e empregados
desta empresa ou gabinete. Se quer estar entre os primeiros do
setor e, quando não é possível, se quer destacar por cima dos
demais em aspectos concretos: preços impactantes, relação
qualidade-preço atrativa, ágil entrega do pedida ou rápido
término do trabalho, segurança e garantia do que se está
vendendo etc. Portanto, quando os donos ou gerentes deste
negócio comprovam que não é possível ter o primeiro lugar em
têrmos absolutos, então tenderão a sê-lo em áreas determinadas e
que possam ser muito apreciadas por parte do público e pela
clientela. É dizer, "somos os melhores em atenção ao cliente",
ou ainda, "somos os  melhores por nossa rápida entrega de
mercadorias", ou em manutenção, em sortimento etc.

   Se o negócio é competitivo na hora de oferecer uma prestação
específica ou um serviço ao cliente, este último o reconhece e
então vê que sua necessidade pode ser perfeitamente satisfeita
por essa empresa. Portanto, a segurança e a auto-confiança no
trabalho que se está realizando são essenciais por parte dos
donos, gerentes e empregados, já que esta segurança se
transmitirá ao cliente e este tenderá a ver-se motivado ou
entusiasmado na hora de realizar sua compra. Se as instruções
por parte dos donos e diretores são excessivamente exigentes
para com seus colaboradores dentro da empresa, então se pode
gerar um certo ambiente de precipitação ou stress no âmbito de
trabalho. Dito de outra forma, a pressão dos que dão ordens
sobre os que tem que cumprí-las pode chegar a ser alta em
determinados momentos. Portanto, cuide de não forçar a
maquinaria, já que isso poderá com o tempo gerar situações de
atrito entre o pessoal, ou entre os subordinados e gerentes. É
fundamental que acima de tudo se mantenha um ambiente de mútua
confiança e de respeito, e que esse ambiente seja não somente
aparente ou na imagem que dá para fora, mas também da porta para
dentro.

   Portanto, a flexibilidade é um elemento essencial para o bom
andamento deste negócio. Os donos ou diretores requerem
flexibilidade ao aplicar seus objetivos e na hora de
transmití-los aos empregados, já que se os primeiros são rígidos
ou se querem inculcar demasiada disciplina, poderão gerar-se
tensões. Porisso, o diálogo é fundamental. É bom que os
objetivos ou metas que cada um tem para cumprir sejam
comunicados e colocados em comum previamente e, se for possível,
fazer também que o pessoal manifeste seus pontos de vista a
respeito e que suas sugestões sejam levadas em conta. Tudo isto
fará que exista um ambiente de autoridade flexível, e que as
ordens que vem de cima sejam bem interpretadas, entendidas e
tomadas como próprias por parte daqueles que tem como missão
cumprí-las.

   O essencial neste negócio é, em definitivo, o entusiasmo e a
motivação, tanto por parte dos donos e gerentes, como por lado
dos empregados, e, em consequência, no que se refere aos
clientes. Gerar no cliente ilusão e motivação é o que o induz e
move para a compra. Mas também há que se ter cuidado em não
gerar demasiadas expectativas e que logo o cliente se veja um
tanto desiludido quando verificar a realidade do que comprou e
comprove imediatamente seus benefícios.

   Outra das características essenciais deste negócio é sua
capacidade para assumir riscos, o que certamente é uma virtude
sempre e quando for na medida correta. É muito conveniente que
os donos ou gerentes freiem ou dilatem um pouco a tomada de
decisões, posto que uma vez colocadas as mãos à obra e estando
no meio da ação é mais difícil realizar retificações relevantes.
Porisso, é sempre recomendável e preferível o realizar um
diagnóstico prévio e um plano de ação bem detalhado e calculado,
tal como sucede no campo da estratégia militar. Neste negócio em
ocasiões existe a inclinação a confiar demasiado na capacidade
de decisão e de retificação espontânea. Isto tem suas vantagens
sempre e quando as linhas mestras tenham sido previamente
meditadas e decididas, porque de outra forma se poderá cair no
erro de ir retificando sobre o andamento e dar uma certa
sensação de inconsistência ou de insegurança frente o exterior.
Portanto, tome suas decisões com calma e procure fazer com que
qualquer iniciativa importante seja suficientemente incubada e
maturada, pois de outra forma poderão surgir imprevistos e
inconvenientes relevantes no caminho. Por exemplo, a competição
poderá ser maior do que você pensava, ou ainda, o mercado poderá
ser mais difícil de penetrar do que havia imaginado.

   Portanto, o ponto de equilíbrio será aquele no qual se
assumem riscos, mas esses possíveis riscos se estudam e calculam
de antemão, aparte do que se há tido em conta os fatores
imponderáveis. Estes últimos são uma série de circunstâncias que
em geral sempre surgem na caminhada e aos quais há que
dedicar-lhes um esforço importante, mas é praticamente
impossível calcular-lhes de antemão. Portanto, se assumem-se
demasiados riscos logo podem surgir estes imponderáveis, e isso
haverá de reaquecer demasiadamente a maquinaria do negócio.


Nov 26, 2003         (Nov 17, 2003 - Dez 6, 2003)    Júp Opos MC

JÚPITER OPOSIÇÃO MEIO CÉU

INTENSIDADE: 4

   Este é um momento no qual a abertura de um negócio pode ser
aparentemente muito conveniente. Entretanto, é possível que
existam muitas falhas de cálculo que recomendem, sempre que for
possível, retardar alguns dias ou semanas o início desta
atividade. Fundamentalmente, o problema pode estar em um mal
cálculo do que poderíamos chamar como "fator social". O que é
isto? Significa que se está dando como certo que o público
reagirá de uma determinada forma e com certa intensidade ante o
enfoque ou o produto que o negócio vai oferecer. Entretanto,
existem erros de avaliação que seriam facilmente detectados, se
se fizesse um bom estudo de mercado, ainda que se saiba que os
estudos de mercado não são precisamente baratos. Por isso, já
que nem sempre é possível fazer enquetes e estatísticas, é muito
conveniente falar com as pessoas, dar a provar o produto, saber
escutar e tomar conselhos das pessoas que dêem suas opiniões aos
donos ou promotores do negócio. É conveniente também que observe
a maior ou menor saturação que possa haver no mercado
circundante do produto ou serviço que se vai vender, para dessa
forma ter uma idéia mais realista do tempo que pode levar o
fazer-se com uma porção desse mercado.

   Na realidade, o maior problema está em que as expectativas
que os donos ou gerentes do negócio geraram - denominado plano
estratégico - são excessivamente amplas, otimistas, abertas e
expansivas. Não significa que o negócio não vá funcionar, mas
que se estão fazendo planos em função de elementos que se supõe
que vão a dar no futuro, mas que todavia não se produziram. É
como se estivesse levantando uma torre com materiais
excessivamente frágeis, que é o que se costuma chamar comumente
um castelo de cartas. Portanto, há que investigar, discernir e
meditar quais são os elemenros que estão mal calculados, pois
provavelmente esses cálculos foram se inflando um atrás do outro
progressivamente, com o que a margem de erro do planejamento que
se fez sobre o papel pode ser relativamente significativo.

   Entretanto, se faz-se uma remodelação do plano partindo de
hipóteses assim mais "pessimistas", estritas ou conservadoras, é
muito provável que a atividade deste negócio comece a ir
progressivamente aumentando; e, no caso de que o estabelecimento
estiver aberto há muito tempo, é mais provável que se possam ir
modificando defeitos que tem estado latentes ou manifestos desde
sua inauguração. Em síntese, é imprescindível sujeitar os
gastos, assim como planejar as decisões em função do que se
conseguiu, e não em função do que se estima ou se supõe que se
vai conseguir. Além disso, é preciso valorizar bem os fatores
sociais, que podem fazer que em um momento determinado esse
produto ou serviço se venda mais ou menos: crise econômica,
lançamento no mercado de algum produto similar, batalha de
preços entre competidores, modas que guiam o comportamento do
consumidor, etc.

   Outro elemento de prudência ou ponto-chave para o negócio que
se tiver aberto nas citadas datas e que jã esteja funcionando, é
o controlar o endividamento com os bancos, já que este em um
dado momento pode se tornar uma roda sem fim, na qual se
amontoam empréstimos sobre empréstimos, e com renegociações dos
mesmos se vá "pagando" os anteriores. É preferível até que os
donos ou gerentes planifiquem o frear esta galopada bancária, e
esforcem-se mentalmente em encontrar outras fontes de
financiamento, que não sejam as externas. É bom meditas sobre
quais são as potencialidades e os pontos fortes do negócio,
assim como sobre as possíveis formas de ampliar o tipo de
produto ou serviços que se vendem nele, para assim obter mais
ingressos. Sempre é preferível fazer um plano de ataque ou uma
estratégia baseando-se nos recursos próprios, e não nos recursos
alheios. Ou seja, é melhor esquentar a cabeça buscando formas de
esticar o próprio dinheiro, antes de relaxar-se momentaneamente
em uma cadeira, sentindo-se satisfeito por haver conseguido um
novo empréstimo do banco.

   É preciso também cuidar da imagem do negócio, não entendendo
a imagem como simplesmente a fachada do mesmo, mas como tudo
aquilo com o que se encontra o cliente porta adentro. Portanto,
faça um acompanhamento de seus clientes, dê-lhes um bom serviço
técnico ou garantias de algum tipo, mantenha uma comunicação
mais frequente com eles, e coloque toda sua atenção em
estabelecer com eles uma relação realista, sadia, franca e
séria. A base deste negócio está em manter e aumentar seu
prestígio, o qual não se consegue de outra forma que mediante um
cuidado sustentado pela qualidade. Entretanto, se pretende-se
ganhar alguns centavos a mais diminuindo o serviço ao cliente,
isso provocará em pouco tempo uma perda de parte da clientela, o
que certamente será uma carga para o negócio.

   É necessário investir sobretudo no que se convencionou chamar
o capital humano ou os recursos humanos, ou seja, cuidar que o
pessoal da empresa se encontre em um ambiente de trabalho
agradável, e motivar o desenvolvimento e crescimento de cada um
dos integrantes da empresa. Por exemplo, é importante gastar o
necessário e um pouco mais na capacitação do pessoal,
organizando cursinhos, atividades, reuniões ou seminários
focando a melhoria do trato ao cliente e o maior conhecimento do
produto ou serviço que se está vendendo.

   É conveniente também não criar expectativas irreais no
cliente na hora de comprar o produto, mas expor claramente quais
são as vantagens e limitações do mesmo. Ainda que obviamente se
deva realçar mais as vantagens, o cliente deve conhecer a
realidade sobre cada produto ou serviço. Lembre que a diferença
entre um comprador e um cliente estriba em que o primeiro
adquire um bem ou serviço por uma vez somente. Se este comprador
ficar satisfeito com sua aquisição, e se em alguma ocasião
voltar a requisitar o produto ou serviço à mesma empresa, então
se transformará em cliente da mesma. Isto pressupõe que a
empresa e a marca anterior lhe proporcionou uma satisfação a
suas necessidades. Portanto, não pretenda fazer dinheiro com uma
só venda e com um comprador em um momento determinado, mas
suscite essa venda como o início de uma relação duradoura, que
pode lhe proporcionar negócios satisfatórios.

   Outra tendência neste negócio é a de comprometer-se
excessivamente e logo ficar um tanto angustiado pelo apertado da
agenda, e porque uns compromissos foram se sobrepondo a outros.
Por isso, é necessário que os compromissos com o cliente, com os
provedores e com os empregados sejam tomados de forma consciente
e ordenada, sabendo o que se diz e o que se escreve a cada
momento. Portanto, há que evitar alegria demasiada na hora de
fixar prazos, ao colocar a assinatura sobre o papel ou ao
estabelecer um determinado número de encontros ou de entregas de
pedidos para um mesmo dia.

Your reports will be shown online and emailed you in seconds!

 Language :
 Price :
3 months
 Birthtime known : Non Registered member : $13.00
6 months
 Birthtime known : Non Registered member : $20.00
12 months
 Birthtime known : Non Registered member : $35.00

Members get 15% off - Sign up for free

Copyright © 1998-2005 Veraxs Int'l Inc. All rights reserved. For Entertainment purposes only.
Terms of Service      Patents Pending       Privacy Policy      Contact us      About theFutureMinders      Affiliates